27 dezembro 2012

SUBIDA



Destaque para o livro "Subida" do meu amigo "facebookiano" (por enquanto, apenas) Rui Miguel Duarte.
Livro que me enviou devidamente dedicado e que muito apreciei.
Uma obra poética de inspiração plural e ecléctica. Afinal, como a vida.
Uma poesia franca, expressiva e significante que vivamente recomendo.
Da Edium Editores.
Como eterno e desabrido romântico deixo aqui um exemplo de um poema escrito há precisamente dois anos atrás que é um dos meus preferidos e que integra esta colectânea.


INTERLÚDIO


Entre cozinhar e jantar
entre o dormir e o acordar

entre a seca e a monção
entre a fome e a profusão

entre o vestíbulo e a lua
entre as mantas e a pele nua

entre o exórdio e a narração
os argumentos e a peroração

entre o actor que sai
e o pano que sobre ele cai

entre as notas do grito
formadas na garganta do aflito

entre as fímbrias da eternidade
e a tua voz feita saudade

entre o tremor do leito
e o batimento do peito

entre o fluxo e o refluxo da maré
o subir o cume e descer ao sopé

entre a mão que se abre e se cerra
para toda acolher a água e a terra

há sempre o momento de um desejo
para o fluido instante de um beijo


27/12/10


- Rui Miguel Duarte in "SUBIDA"



AJV
2012.12.27

Livres

Livres

Jehovah Jireh

Jehovah Jireh

Deus Não Está Morto

Inspiração Bíblica Diária