10 novembro 2006

Liberdade


Jesus não é um "profeta" que oferece "muito pão e muito poder". Há valores para os seres humanos que transcendem o mero pão quotidiano: a Justiça, o Amor, a Paz, a Liberdade...
E esta não pode traduzir-se somente em fazer o que se entende ou dizer o que se quer, mas na realização plena do ser humano, no encontro com a razão da sua origem e existência, que ultrapassa a acção diária de trabalhar para comer.
Pelo conhecimento de Cristo somos livres, pela morte de Cristo somos libertados. Libertados da falta de paz interior, do medo, do egoísmo, que não permite sermos justos para com o semelhante; da falta de amor, que não permite considerar o outro igual a nós nos seus direitos e necessidades.
A Fé Cristã, libertadora, não é um conformismo, porque não depende de uma instituição, mas de uma confissão, e esta é criadora e realizadora. Em qualquer situação ou instituição o Cristão tempera, dá o gosto. A Fé Criadora do Cristão não permite conformação nem fatalismo, e na luta contra o fatalismo se alcança a LIBERDADE!
A liberdade é, em primeiro grau, interior. Provém do conhecimento da Verdade. " Eu sou a Verdade " disse Jesus. O cristão conhece a liberdade que resulta do conhecimento de que é uma pessoa e não uma coisa. Não resulta do nascimento, da Igreja, da posição social ou da opção política, mas do sentir-se conscientemente feliz, porque o Espírito o ilumina e liberta, porque conhece Deus, porque anda conforme Cristo. Onde está o Espírito de Deus, aí há
LIBERDADE!

Livres

Livres

Jehovah Jireh

Jehovah Jireh

Deus Não Está Morto

Inspiração Bíblica Diária