12 setembro 2012

BILHETE DE IDENTIDADE


O mês passado fui tratar do Cartão do Cidadão.O meu Bilhete de Identidade caduca amanhã, dia 13 de Setembro, e como estava de férias aproveitei a ocasião.
A subida exponencial do preço deste documento OBRIGATÓRIO, revela também que é a lógica economicista a presidir à reforma efectuada. O antigo BI alargava o período de validade na medida em que o seu titular ia envelhecendo (este último teve a validade de 10 anos) até chegar à idade da reforma/aposentação a partir da qual se adquiria o direito a ter um BI vitalício.
Agora as mentes iluminadas do Sec. XXI (esta foi uma decisão do governo Sócrates) acharam por bem impor uma validade máxima e invariável de 5 anos para o CC. (Estão a ver o cidadão Manoel de Oliveira nos seus 103 anos de idade a revalidar o seu CC de 5 em 5 anos... deve ser para manter a foto actualizada...digo eu...)

Mas deixa-me falar baixo porque se o Gaspar ou o PPC ouvem ainda se lembram de nos obrigar a renovar, quiçá, anualmente e sobem o preço da renovação para uns, digamos, 18% do vencimento...

Na sequência deste processo, recebi, ontem mesmo, uma carta da DGAI (Direcção-Geral de Administração Interna) a informar-me que, em virtude da alteração de residência comunicada através da obtenção do CC, o meu nº de eleitor e secção de voto haviam, também, sido alterados.

Agradeço a informação apesar da sua total inutilidade superveniente.

É que decidi recentemente não voltar a votar neste regime de pseudo-democracia onde, por um qualquer "misterioso" desígnio com patente comprovação histórica, o grupo crescentemente minoritário de eleitores portugueses, acaba sempre e apenas por escolher, em cada eleição, entre a "morte" e o "falecimento".

AJV
12.09.12

Livres

Livres

Jehovah Jireh

Jehovah Jireh

Deus Não Está Morto

Inspiração Bíblica Diária